Austrália

Ambulância para cordeiros. Será que a ideia é uma loucura?

Com o nome sugestivo de "Lambulance", junção de Lamb (cordeiro) e Ambulance (ambulância), foi apresentado no eChallenge, competição da Universidade de Adelaide, Austrália
TIA

Um drone especializado conhecido como Lambulance poderia ajudar os produtores a economizar milhares de dólares em perdas de cordeiros recém-nascidos, um dos maiores problemas de mortalidade da criação.

Usando tecnologia de infra-vermelho e sensores visuais tradicionais, os produtores poderão observar o drone passar sobre um campo de cordeiros e fornecer uma avaliação dos movimentos dos animais e até mesmo das temperaturas. E sem a necessidade de ir até onde os animais estão.

"Pode ser que os animais que não se mexeram sejam cordeiros isolados de suas mães, ou que o sinal infravermelho diga que o cordeiro tem uma temperatura muito baixa (hipotermia) e, como conseqüência, provavelmente possa estar em apuros ", disse o co-fundador Andrew Bailey.

"A ovelha e o cordeiro têm uma temperatura corporal conhecida. O que estamos tentando fazer é relacionar essa temperatura para que os produtores possam receber avisos em tempo real quando um cordeiro estiver em risco (assim como poderá também detectar mastite na ovelha, já que com a inflamação, há aumento de calor no local)".

"Os drones já existem, a imagem térmica já existe. O que estamos fazendo é essencialmente juntar todas as imagens e, em seguida, fazer uma ferramenta de diagnóstico para acompanhar isso. É uma ferramenta de decisão, não vai resolver seus problemas, mas ajuda você a tomar decisões informadas sobre quais problemas estão ocorrendo no campo."

O Lambulance é o trabalho de três funcionários antigos e atuais do Instituto Tasmaniano de Agricultura, Andrew Bailey, Tony Butler e James Tyson, e poderia estar disponível aos produtores em apenas 12 a 18 meses.

Notícia adaptada pela Equipe Capril Virtual com informações ABC e The Land (14/01/2019)


Gostou? Quer receber no seu celular as novidades sobre Ovinos e Caprinos? É gratuito:

WhatsApphttps://bit.ly/zapcapril
Telegramhttps://t.me/PortalCaprilVirtual